Páginas

Saiu edital da EPE - Inscrições abrem na terça, dia 21

17 janeiro 2014

A Empresa de Pesquisa Energética, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, já publicou o edital para o seu 7° concurso publico. São 343 vagas distribuídas entre os níveis médio e superior, sendo a maior parte das mesmas para analista, com vencimentos que variam entre R$2.345,15 e R$8.445,75. As vagas, distribuídas entre Rio de Janeiro(339) e Distrito Federal(4) são todas de cadastro reserva, com prazo de validade de um ano, prorrogável por mais um. As inscrições podem ser feitas dos dia 21/01, terça-feira, até 11 de fevereiro no site da Fundação Cesgrariano(http://www.cesgranrio.org.br/). O valor é de R$45,00 para assistente e R$90,00 para analista.


Maiores detalhes você pode conferir aqui no edital.

Leia Mais...

Casos de Sucesso: Auditor ensina que é possível conciliar trabalho e preparação

16 janeiro 2014

O auditor Ted Jefferson conta como se preparou para o TCM-RJ

Quem trabalha, mas sonha com uma vaga no serviço público, se depara, rotineiramente, com uma empreitada nada fácil: realizar as tarefas do emprego atual e estudar da melhor forma possível para conseguir a estabilidade. Muitos, porém, têm dificuldades de equacionar as duas funções e, pela necessidade financeira, acabam deixando o estudo de lado e perdendo a chance de passar em um concurso público. Ted Jefferson Pereira, 38 anos, é um exemplo de que é possível trabalhar e estudar para essas seleções ao mesmo tempo. Formado em Ciências Contábeis, hoje ele é auditor-fiscal do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM/RJ), e lembra que estudava até no ônibus, no trajeto do trabalho até a sua casa. Assista ao vídeo da entrevista aqui.

"Me preparava de quatro a seis horas por dia, mesmo trabalhando. Com disciplina e organização, consegui meu objetivo. Como era obrigado a enfrentar um trânsito de duas horas quase todos os dias, na ida e na volta do trabalho, estudava no ônibus durante esse tempo. Além disso, me preparava no almoço também. Só aí, já ganhava umas três horas de estudo. Chegando em casa, conseguia mais duas ou três horas de preparação", relata.
O concurseiro prestou concurso dez vezes, conseguindo a aprovação em cinco: analista contábil da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Banco Central, Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Ministério Público da União (MPU) e o Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-RJ), onde está atualmente. O interesse pela carreira pública surgiu pela estabilidade que ela proporciona. Para alcançá-la, porém, a vida de Ted não foi fácil. Antes de alcançar as aprovações, muitas dificuldades surgiram na vida do concurseiro. A reprovação foi uma delas, fator que não o fez desistir do sonho.
"É fácil chegar aqui e falar de vitórias. Posso dizer que ganhei a guerra, mas até chegar lá tive várias batalhas e muitas derrotas. Fazia um concurso atrás do outro. Fiquei reprovado em muitas seleções. A partir da terceira reprovação, parei de contar. E nessas horas, o apoio da minha esposa foi essencial", salienta.  Para quem está passando pela fase da reprovação, normal na busca por uma vaga, Ted destaca a importância de não desanimar. "É o caso da teoria futebolística: cada jogo é um jogo. Terminou a partida, esqueça-a. Tente aprender com os erros e passe a se organizar de acordo com as dificuldades que encontrou."
Segundo o concurseiro, na sua rotina de estudo a 'hora da novela' era importante, já que conseguia tempo de sobra para se preparar. Ele explica o porquê. "Além de estudar no ônibus, buscava me preparar em casa também. Depois de jantar com minha esposa, ela se interessava pela novela e eu, pelos livros. Sendo assim, conseguia mais duas horas de estudo."
Ted se preocupava para não atrapalhar a vida da esposa, por causa da sua preparação. Ele conta que acordava mais cedo para estudar nos fins de semana, e no restante dos dias se distraía com a companheira. Para ele, o lazer em alguns momentos era importante para descontrair. "Você não pode ficar só em um mundo de concurso público, porque existe vida depois disso. Aconselho você, concurseiro, a dar uma saída, passear, assistir a um filme também. É importante distrair a mente", orienta.
Quem sonha com a carreira pública, porém, acredita que os finais de semana são exclusivamente para o estudo, não havendo tempo para conciliá-lo com programas. Ted conta como conseguiu ter uma boa
preparação, mantendo a rotina de antes. "No sábado, por exemplo, havia um simulado no curso preparatório, que começava pela manhã e terminava à noite. Saindo de lá, em muitos casos, ia jantar fora, voltando tarde. No domingo, minha esposa acordava às 9h ou 10h. Eu levantava da cama mais cedo, estudava até a hora dela acordar. A partir dali, aproveitava o domingo para descansar. Tudo faz parte do planejamento, então é possível", afirma.
Diante das metas traçadas e cumpridas, as aprovações apareceram. Ted lembra como foi a sua reação quando viu que estava aprovado pela primeira vez. "Dá vontade de soltar rojão, festejar e pagar muita promessa", brinca. Atualmente, o concursado dá aulas nos cursos Academia do Concurso e C3, auxiliando pessoas que têm o mesmo sonho dele há algum tempo. O contador deixa uma mensagem para quem se prepara e está na luta pelo sonho da carreira pública: "Não precisa ser nenhum gênio para ser aprovado no concurso público. Estudem e se planejem, porque no final vale muito a pena".

Fonte: Folha Dirigida
Leia Mais...

Concurso Polícia Civil - SP 2014 - Investigador de Polícia

15 janeiro 2014

Ofertadas 1.384 vagas para o cargo de Investigador de Polícia Civil do Estado de São Paulo. A remuneração é de R$ 3.160,08.
A Polícia Civil de São Paulo lançou mais um edital de concurso público para recomposição dos quadros da corporação. Desta vez, por meio o edital nº. 1/2013 - IP, foram abertas 1.384 vagas para o cargo de Investigador de Polícia, com a exigência de nível superior. O vencimento inicial da carreira pode chegar a R$ 3.160,08, para cumprir jornadas semanais de 40 horas.
As inscrições, no valor de R$ 63,92, serão realizadas pelo site da organizadora VUNESP (www.vunesp.com.br), no período das 10 horas de 13 de janeiro às 16 horas de 14 de fevereiro de 2014.
O concurso será composto pelas provas preambular escrita, de aptidão psicológica, de aptidão física, bem como pela etapa de comprovação de idoneidade/conduta escorreita, mediante investigação social e de títulos.
A prova preambular será aplicada provavelmente no dia 13 de abril de 2014, em locais e horários a serem divulgados oportunamente pela Polícia Civil/SP e pela VUNESP. As cidades de aplicação da prova serão: Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (capital e Grande São Paulo) e Sorocaba.
O prazo de validade do concurso será de dois anos, prorrogáveis uma única vez por igual período.
O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado - Poder Executivo, de 11 de dezembro de 2013, pág. 148 a 153, e está disponível também na página eletrônica da organizadora.
Fonte: Concursos no Brasil

Leia Mais...

Governo pressiona por aprovação de cotas para negros em concursos

14 janeiro 2014
A pressão do Executivo pela aprovação do projeto de lei que prevê a reserva de 20% das vagas de concursos públicos para negros (PL6738/13), um dos trunfos eleitorais da presidente Dilma Rousseff, deve fazer com que a proposta corra entre as comissões e saia da Câmara dos Deputados ainda em fevereiro, na volta do recesso. Na Casa, o PL já foi aprovado por duas comissões, de Direitos Humanos e Minorias e de Trabalho, Administração e Serviço Público. Agora, só resta o parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para que a proposição siga para o plenário e, depois, para a avaliação do Senado.

De acordo com o relator do projeto na CCJ, o deputado Leonardo Picciani, a primeira reunião, em fevereiro, será para eleição do novo presidente da comissão e, logo em seguida, o PL 6738/13 deve ser colocado em pauta. "O relatório está pronto. Nós teríamos condições de ter votado a proposta na última semana antes do recesso, mas em razão de outras matérias que surgiram na pauta, acabaram adiando", pontuou o parlamentar. 

No relatório, Picciani é favorável à constitucionalidade do projeto e de parte das emendas. Ficam na proposta que será encaminhada ao projeto, por exemplo, as emendas que estendem as cotas aos cargos em comissão e ampliam a reserva para 30%, incluindo indígenas. Ficam excluídas as tentativas de fazer com que o projeto vigore por tempo indeterminado, o aumento das cotas para 50% e a extensão para os poderes Legislativo e Judiciário. O deputado considerou estas últimas inconstitucionais.

Fontes da Câmara dos Deputados afirmam que a pressão do Executivo pela votação favorável ao projeto inicial é grande. Não à toa, muitos dos deputados com opiniões conhecidamente contrárias à proposição acabaram votando favoravelmente ao PL. O relator do projeto, no entanto, discorda e diz não acreditar que a pressão atrapalhe nas decisões dos parlamentares. "Quem é contra, vai votar contra. Apesar de, na CCJ, eu já ter percebido que ampla maioria é a favor da proposta", garante. "Não acredito que a pressão do governo seja tão lavada assim, a maior pressão é o fato de o PL estar tramitando em regime de urgência", completa.

Como está em caráter de urgência, o projeto bloqueia a pauta após 45 dias sem votação. No Senado, o PL deve tramitar em todas as comissões concomitantemente, como ocorreu na Câmara.

Fonte: Blog Do Servidor
Leia Mais...

37.686 vagas estão abertas em concursos públicos nesta semana

14 janeiro 2014
A semana começa quente para os concursos públicos em todo país. Estão abertas 37.686 oportunidades para todos os níveis escolares, com remunerações que chegam a R$ 22.854,47. Destaques para as seleções locais como a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô/DF), que oferta 232 vagas de níveis médio e superior; e a Secretaria de Administração Pública do DF, com 60 vagas para cargos de finanças e controle e planejamento e orçamento. Confira abaixo a lista com os concursos locais e nacionais com o prazo de inscrições aberto:

COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL (METRÔ-DF) 
Inscrições até 26 de fevereiro pelo site www.iades.com.br/inscricao. Concurso público com 232 vagas mais formação de cadastro reserva par os níveis médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 2.900 a R$ 7.000. Taxas: R$ 38 a R$ 48. 

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (FUB) 
Inscrições até 21 de janeiro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/fub_2014. Concurso público com 41 vagas em cargos de níveis superior e intermediário em diversas áreas. Salários: R$ 1.942,75 e R$ 3.230,88. Taxas: R$ 47e R$ 78. 

SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL (SEAP/DF) 
Inscrições até 10 de fevereiro pelo site www.universa.org.br. Concurso público com 60 vagas mais formação de cadastro reserva de nível superior para os cargos de finanças e controle e planejamento e orçamento. Salário: R$ 12 mil. Taxa: R$ 83,50.

FUNDAÇÃO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE) 
Inscrições prorrogadas até 20 de janeiro pelo site www.cesgranrio.org.br. Processo seletivo simplificado com 7.825 vagas temporárias para os níveis médio e superior nos cargos de agente, analista e supervisor em cargos de pesquisa. R$ 765 a R$ 4.000. Taxas: R$ 19 a R$ 80.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE) 
Inscrições de quarta-feira (15) a 3 de fevereiro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mte_14_nm_ns. Concurso público com 450 vagas para os níveis médio e superior nos cargos de contador e agente administrativo. Salários: R$ 2.573,22 a R$ 3.981,42. Taxas: R$ 30 a R$ 70.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO I 
Inscrições até amanhã (13) pelo site www.universa.org.br. Processo seletivo com 150 vagas para os níveis médio/técnico e superior em diversas áreas. Salários: a R$ 8.300. Taxas: R$ 35 a R$ 65. 

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO II 
Inscrições até 3 de fevereiro pelo site www.universa.org.br. Processo seletivo com 40 vagas de nível superior em diversos cargos. Salários: R$ 6.130 a R$ 8.300. Taxas: R$ 95 e R$ 120.

SUPERINTENDÊNCIA DA ZONA FRANCA DE MANAUS (SUFRAMA) 
Inscrições até terça-feira (14) pelo site www.cespe.unb.br/concursos/suframa_13. Concurso público com 241 vagas em nível médio e superior em diversas áreas. Vagas para lotação no Acre e Amazonas. Salários: 2.726,84 a R$ 5.334,90. Taxas: R$ 60 e R$ 95.

CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA (CADE) 
Inscrições até 20 de janeiro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/cade_13. Concurso público com 26 vagas para os níveis médio e superior em diversos cargos. Salários: R$ 2.818,02 a R$ 5.334,90. Taxas: R$ 65 a R$ 100.

AMAZÔNIA AZUL TECNOLOGIA DE DEFESA S.A. (Amazul) 
Inscrições até o próximo domingo (19) pelo site www.ibfc.org.br. Processo seletivo simplificado com 21 vagas imediatas e 105 para formação de cadastro de reserva para nível médio e superior em diversas áreas. Salários: R$ 2.250 a R$ 5.355. Taxa: R$ 50 para nível médio e R$ 70 para nível superior.
Fonte: Lorena Pacheco
CorreioWeb
Leia Mais...

Senado pode analisar nova proposta de ficha limpa para servidores

14 janeiro 2014
Enquanto a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2012 , que exige ficha limpa para o ingresso no serviço público ainda aguarda uma definição da Câmara dos Deputados, onde tramita como PEC 284/2013 , a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado pode examinar um novo projeto com o mesmo teor. Trata-se do Projeto de Lei do Senado (PLS) 54/2012 .

Assim como a PEC 6/2012, a segunda proposta, da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), tem como objetivo estender aos funcionários públicos – tanto aqueles em cargos efetivos quanto comissionados – os requisitos impostos aos candidatos a cargos eletivos previstos na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) .

Se o projeto for aprovado e entrar em vigor, ficarão impedidos de assumir cargos públicos aqueles que estão em situação de inelegibilidade em razão de condenação ou punição de qualquer natureza, na forma da Lei da Ficha Limpa, como crimes contra a administração pública, crimes eleitorais e crimes hediondos. O prazo de inelegibilidade é de oito anos.

“Produto da vontade popular mais genuína, a Lei da Ficha Limpa representou um momento histórico da reação da cidadania brasileira contra desmandos na atividade política. Cremos que é momento de estender essa mesma reação à Administração Pública Federal, cuja estrutura não está livre de servidores e outros agentes públicos dedicados a práticas ilícitas e recrimináveis”, justifica a senadora.

Parecer
Segundo o relator na CCJ, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), ainda que outra proposta com teor semelhante já tenha passado pelo crivo do Senado – caso da PEC 6/2012 – a apreciação do novo projeto não deve ser considerada prejudicada. Na avaliação do parlamentar, que apresentou parecer pela aprovação do PLS 54/2012 com algumas adequações no texto original, a aprovação da proposta apresentada por Vanessa Grazziotin tende a ser mais rápida, já que o rito de projeto de lei é abreviado em relação ao da PEC.

“A medida será fundamental para se assegurar a moralidade na administração pública federal, bem como para resgatar a boa imagem e a valorização das instituições públicas por parte da sociedade, em tempos em que se têm constatado tantas situações em que o bem público tem servido aos interesses privados”, defende o relator.

A proposta será examinada em caráter terminativo pela CCJ do Senado.
Fonte: Agência Senado
Leia Mais...

Concurso IBGE 2014 - inscrições prorrogadas

14 janeiro 2014

Inscrições para as 7.825 vagas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prosseguem abertas até 20/01. O salário é de até R$ 4 mil.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prorrogou as inscrições do edital n° 06/2013 de processo seletivo, que tem o objetivo de ocupar 7.825 vagas temporárias em todo o país, voltadas para profissionais de níveis médio e superior. O certame será realizado pela Fundação Cesgranrio.
A maioria das vagas (7.600) é para Agente de Pesquisas e Mapeamento, com atuação em 546 municípios distribuídos pelos 26 Estados da Federação e o Distrito Federal. As demais oportunidades são para atuação no município do Rio de Janeiro - RJ, nos postos de Analista Censitário de Geoprocessamento (27), Agente de Pesquisas por Telefone (180) e Supervisor de Pesquisas (18).
O salário oferecido será de R$ 765,00 para Agente de Pesquisas por Telefone, R$ 1.020,00 para Agente de Pesquisas e Mapeamento e de R$ 4.000,00 para os cargos de Analista Censitário de Geoprocessamento e Supervisor de Pesquisas. Todos os contratados terão direito ao Auxílio-Alimentação, no valor de R$ 373,00 e ao Auxílio-Transporte. A jornada de trabalho será de 30 ou 40 horas semanais.
As inscrições prosseguem abertas até o dia 20 de janeiro de 2014, no endereço www.cesgranrio.org.br. A taxa de participação será de R$ 25,00 para a função de Agente de Pesquisas e Mapeamento, R$ 19,00 para a função de Agente de Pesquisas por Telefone e R$ 80,00 para a função de Analista Censitário de Geoprocessamento e Supervisor de Pesquisas.
De acordo com o edital, as provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, estão previstas para 23 de março de 2014, das 13h às 17h (horário de Brasília - DF, horário brasileiro de verão) e os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados pela Cesgranrio no primeiro dia útil subsequente ao da realização das provas.
O prazo de validade do processo seletivo será de dois anos.
O edital de retificação e prorrogação encontra-se publicado no Diário Oficial da União, de 06 de janeiro de 2014, pág. 217.
Fonte: Concursos no Brasil
Leia Mais...